quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Que venha 2009


É hora de renovar nossas promessas.
Fazer novos planos.
Rever alguns conceitos,
Nos impor limites para os malefícios
que nós mesmos cometemos conosco.
Estabelecer metas.
E acima de tudo, acreditar
que o mundo pode mudar
que o mundo pode melhorar
que todos nós podemos nos entender,
sem distinção de raça ou credo.
Nos livrarmos das energias negativas
do pessimismo.
Que 2009 seja para todos nós
repleto de paz, alegrias, harmonia
do ser humano com o meio ambiente
já tão cansado da degradação acelerada
que vem sofrendo desde o século passado.
Que neste ano que tá chegando,
as tristezas passem bem depressa,
e as alegrias passem beeeeeeem devagar!!!


Desejo à todos um Feliz 2009!

até o ano que vem...bloggers

domingo, 28 de dezembro de 2008

Agita Juventude


Participamos de mais um show do Projeto Agita Juventude, promovido pela Coordenadoria da Juventude/Subprefeitura da Cidade Tiradentes, e com apoio da rádio Metropolitana.
Fizemos algumas fotos da gravação de cenas do clipe da música "Aquela Menina"...vai servir como um making off pra gente.
O show foi ótimo, me senti muito liberta no palco, e o dominei como eu pude. Aliás, esse é o lugar onde eu me sinto mais à vontade.
Depois do som, demos uma relaxadinha e uma chapadinha básica, muita vodka, aff. Mas não vou falar muito, to com um pouco de preguiça. Tomem fotinhos:



quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Mais uma, das brincadeirinhas de mau humor da senhorita Mellinda Margot...rs

Então é Natal..."Vamos Celebrar a Estupidez Humana"


É chegada mais uma data
de consumismo,
Viva toda a comida
Que comerás com apatia.
Embriague-se
com o vinho da ignorância
É tempo de amor aos interesses
É tempo de ignorar o espírito e
comemorar os bens materiais,
conquistados à qualquer custo.
É tempo de celebrar a discordia do ano todo
e toda a hostilidade do ano todo
e a hipocrisia humana o tempo todo, para...
Num só dia celebrar tudo ou nada
que há de bom no ser
É tempo de vomitar todos aqueles
desejos falsos e vãos;
Feliz Natal,
Próspero Ano Novo.
Papai Noel, que nada!
Pro inferno com este velho fictício,
adotado com louvor pelo comércio.
Ora, muito mais belo
revelar a verdade à criança inocente:
-Sou eu, teu pai, tua mãe
quem te presenteia
em todas as noites de "natal".
Ou criará desde cedo
a criança mentirosa,
que mais tarde debutará crendo
que a mentira é benéfica.
E não cometa o pecado mortal
de NÃO COMPRAR o presente,
pois quem não o ganhou
não vai se esquecer disso.
E que cada um zele por seu umbigo.
E que sejam o que escolherem ser...

Feliz Natal e um abraço à quem lhe fô-da família.

(M.Margot)

sábado, 20 de dezembro de 2008

Inauguração.

Geeente...o blog "ROMANCE COM FOGO" inaugura hoje tá!!!
vai lá ver, vai...


O resto de tudo morre hoje.


Lua Estrela
Manacá

composição: Letícia Persiles

É de madeira a porta que bate e o cão que late
Não morde e a janela que lá fora o sol esconde
O vinho quente e vermelho não deixa cair, deixa fluir.
Demora, mas nunca mais pra sempre é que não é.

Vento que bate, leva embora pra longe...
A tristeza que agora não posso mais carregar

À noite o gato que corre na rua
A lua e a estrela que brilha
O xale azul e os olhos de ameixa

A mão que é sua, a sombra, a voz e a vontade que dá
Ai que esse amor de tão grande acaba por me matar

Vento que bate, leva embora pra longe...
A tristeza que agora não posso mais carregar

Mais uma banda pra minha Coleção: Musicalidade muito bacana, original, com influências de bandas que eu adoro como Los Hermanos, Canto dos Malditos na Terra do Nunca e Queens Of The Stone Age e muita brasilidade nas músicas mas sem os velhos clichês da nossa cultura. Adorei!


-----------------------------------------------------------------------------------------------
Tô deletando uma parte de mim hoje, desfragmentando, fazendo limpeza de disco das coisas que não me servem mais e só estão ocupando espaço, abandonando de vez as pequenas e as grandes coisas do passado que insistiam em permanecer aqui...as mágoas, frustrações, e mesmo as coisas boas...não me servem mais. Vããããããããão embora, vão...

ih, já foram...

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Texto Louvável...recebi por e-mail

Texto do Neto, diretor de criação e sócio da Bullet - Agência de Propaganda, sobre a crise mundial.

"Vou fazer um slide show para você.
Está preparado? É comum, você já viu essas imagens antes.
Quem sabe até já se acostumou com elas.
Começa com aquelas crianças famintas da África.
Aquelas com os ossos visíveis por baixo da pele.
Aquelas com moscas nos olhos.
Os slides se sucedem.
Êxodos de populações inteiras.
Gente faminta.
Gente pobre.
Gente sem futuro.
Durante décadas, vimos essas imagens.
No Discovery Channel, na National Geographic, nos concursos de foto.
Algumas viraram até objetos de arte, em livros de fotógrafos renomados.
São imagens de miséria que comovem.
São imagens que criam plataformas de governo.
Criam ONGs.
Criam entidades.
Criam movimentos sociais.
A miséria pelo mundo, seja em Uganda ou no Ceará, na Índia ou em Bogotá sensibiliza.
Ano após ano, discutiu-se o que fazer.
Anos de pressão para sensibilizar uma infinidade de líderes que se sucederam nas nações mais poderosas do planeta.
Dizem que 40 bilhões de dólares seriam necessários para resolver o problema da fome no mundo.
Resolver, capicce?
Extinguir.
Não haveria mais nenhum menininho terrivelmente magro e sem futuro, em nenhum canto do planeta.
Não sei como calcularam este número.
Mas digamos que esteja subestimado.
Digamos que seja o dobro.
Ou o triplo.
Com 120 bilhões o mundo seria um lugar mais justo.
Não houve passeata, discurso político ou filosófico ou foto que sensibilizasse.
Não houve documentário, ong, lobby ou pressão que resolvesse.
Mas em uma semana, os mesmos líderes, as mesmas potências, tiraram da cartola 2.2 trilhões de dólares (700 bi nos EUA, 1.5 tri na Europa) para salvar da fome quem já estava de barriga cheia."(Bancos, seguradoras, Montadoras etc.....

É como ouvi alguém comentar: É uma pena que esse texto só esteja em blogs/e-mails e não na mídia de massa, essa mesma que sabe muito bem dar tapa e afagar.

E AÍ, VAI CONTINUAR PARADO???

Sem imagens hoje!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Flash Backs

Cá estou eu denovo à vomitar bobagens neste pobre blog...que aceita tudo sem reclamar.

De uns dias pra cá venho sofrendo sessões de flash backs, é quase como se fossem choques de médio porte que me dão um sacode, e logo depois recobro a consciência. Não sei se isso tá me fazendo bem...ao que me parece - NÃO - To tentando administrar da melhor forma. Mas doses cavalares de lembranças boas e ruins, confesso, estão me deixando confusa e perdida. E logo agora que eu já estava me sentindo liberta do passado, parece que tudo volta à tona.
Pensamentos obscuros, difusos, não sei, não consigo identificar o sentimento, não consigo manter o controle...pode ser apenas a minha maldita TPM, que me deixa sensível ao extremo e tudo elevado à décima potência somado aos fatores externos, aaaaaaaaaah, deixa pra lá! Nem sei mais o que eu tô dizendo.

Não tenho nada interessante pra contar, nem imagem legal pra publicar...tô meio vazia hoje, mas mesmo assim decidi vir aqui encher meu blog com mais um monte de palavras dispersas.

Que saco.

sábado, 29 de novembro de 2008

Mas que diabos!!!



Só vim aqui pra manifestar meu aborrecimento. Hoje fiz uma publicação quilométrica sobre água no blog da ONG PUERAS.

Eu fico profundamente "encaralhada" quando vejo alguém varrendo a calçada com a mangueira, principalmente quando a pessoa sem noção passa meia hora regando o asfalto, e empurrando a sujeira da valeta pra fra frente da casa do vizinho, o que "quase o força" a pegar sua mangueira e empurrar a sujeira pro outro vizinho também...e assim vai...vai a água.
Ou então, dão aqueles banhos demorados em seus carros. Na boa gente...carro não precisa tomar banho, até porque, provavelmente na próxima saída com o carro, com certeza ele não vai voltar limpo, principalmente aqui em São Paulo, durante ou depois de uma chuva.
Eu não vou me aprofundar muito no assunto porque já cansei meus neurônios elaborando a matéria pra publicar no blog Pueras.

Mas ó...eu fico puta da vida com isso viu, ora bolas !


domingo, 23 de novembro de 2008

Ah, os humanos...

Personalidades fortes, fracas, mentes pequenas, grandes, sensíveis, insensíveis, enfim...
Bom, todo mundo sabe onde aperta e doe o calo não é? Penso que por mais que a gente tente fazer as coisas certas e tomar as melhores decisões, fazer as melhores escolhas, sempre acaba saindo alguma coisinha errada, e acabamos desagradando alguém. Eu tava dando uma passeada pelos meus blogs preferidos e acabei lendo algumas coisinhas que não me fizeram bem.
Em primeiro lugar, cada um tem sua vida e faz dela o que bem quer, cada um segue sua rotina, e principalmente...cada um pensa o que quer.
O que acontece é que 'A Vida Acontece'...é isso mesmo e com toda a redundância! Independente de nossa vontade ou não, as coisas vão acontecendo. As vezes temos controle sobre os fatos, mas na maioria das vezes não. O que nos resta então é lhe dar com as coisas que acontecem, as vezes acabamos também por interpretar os fatos de maneira parcial, achando que algo ou alguém conspira contra nós. E como já disse no início da postagem, as vezes tomamos decisões que acreditamos serem melhores para o momento e acabamos cometendo erros...Então, por que criticar os outros quando estamos sujeitos aos mesmos erros? Isso sim é hipocrisia...não acham? Quem nunca fez uma escolha, e depois de 2 minutos se arrependeu? E quem nunca ficou com vergonha de voltar atrás em algo que disse ou fez? E quem nunca se deixou levar pelo orgulho estúpido e simplesmente ignorou a frase: "Me desculpe"! *-*SOMOS HUMANOS*-*
Odeio quando assumo um compromisso e não consigo honrá-lo, todos que me conhecem, sabem que quando me comprometo à fazer algo, não gosto de deixar ninguém na mão, e sabem também que se acontece d'eu falhar, não foi por negligência.
Não queria que essa postagem tomasse esse rumo esquisito, aliás...eu nem ia escrever nada no blog hoje, porque estava esperando pegar as fotos do último evento em que tocamos. Eu estava tão feliz e maravilhada com a apresentação que o Vergna fez no C.E.U. Azul da Cor do Mar(Estrada do Pêssego) na 'V Semana da Pedagogia São Paulo' -no dia 19/11 quarta- que queria passar alguns dias ainda, com a imagem linda da galera pedindo bis no fim do show. Galera essa, que nos surpreendeu, diga-se de passagem. A platéia nos recebeu tão bem que , sinceramente, fomos pegos de surpresa com tanta receptividade, pois havia gente com gostos musicais mais variados possíveis naquele anfiteatro, e confesso que a banda Vergna não tá encaixada no gênero "pop", do tipo que agrada todo mundo. Mas enfim, vou continuar feliz por isso, pois foi mais um dos dias sensacionais que a banda viveu e encarar algumas coisas simplesmente como "palavras no ar" e ignorar, porque sei que as vezes agimos de forma inconscequente quando estamos com raiva ou quando somos contrariados...

E olha só...eu que tinha sérios planos de dormir mais cedo 'ontem'...já adentrei 'hoje'.

PS* Eu juro que um dia eu perco esse péssimo vício de abusar das reticências...(...)...e do cigarro enquanto estou no pc tbm...rs!

Boa Noite(...)

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Mundo Exato - *Versão Estúdio

Coitadinho do meu bloguinho...abandonado às traças virtuais, mas enfim uma atualizaçãozinha né! De vez enquando faz bem...
Uhuuuuuuuuuu...enfim partimos de vez pra gravação da nossa demo. As duas primeiras foram gravadas ontem, e são: "Aquela Menina" e "Mundo Exato" Passamos o dia inteiro enfurnados no estudio gravando. Agora só nos resta esperar a mixagem, e na boa...mal posso esperar pra ouvir o resultado, ansiedade é o meu nome até a gente receber as duas músicas prontas. Ufah, foi cansativo, e pra mim foi uma experiência única. Achei que eu ficaria nervosa na hora de por a vóz, mas entrei e mandei ver. E os meninos tbm...entraram lá e foram arregaçando tudo. Acho que eu já postei a letra dessa música, mas enfim...aí vai denovo:



Mundo Exato
Letra: Giselle.
Arranjos: Will, David, Yudi.

O vento mudou
Mudou a direção
Enquanto você estava lá sentado
Achando que o vento
sempre sopraria ao seu favor

Agora que eu não rimo mais com sua poesia
Você vem com ironia e me nomeia o seu caos

Toda a minha juventude
Sempre esteve ao seu bel prazer

refrão

Você sempre viveu
No seu mundo fechado, pequeno e exato
aaah...aaaaaaaaah

Tudo exatamente na hora marcada
Cada atitude friamente calculada

Já não sou mais a garota tola de antes
Sou apenas o desenho torto
Que borrou a sua pintura

refrão

Você sempre viveu
No seu mundo fechado pequeno e exato

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Ibirapuera..."Vejo flores em você"

Ai, ai. Tô quebrada...ontem fui jogar vôlei. Nossa, fazia muito, muito tempo que eu não jogava vôlei...fiquei só o pó, mas foi divertidíssimo. Valeu a pena.
Como eu havia prometido, aí estão algumas fotos que fiz no Parque Ibirapuera durante o evento: Planeta Sustentável.
Tô meio sem assunto pra escrever, então vou deixar que as flores tomem conta do meu bloguinho.








Queria colocar mais fotos, fiz vááááááárias fotos lindas, mas meu PC lerdo, e quase obsoleto não está me deixando trabalhar direito, ele é meio genioso e quando acha que está trabalhando demais pra idade dele...ele simplesmente resolve desligar. Além do mais...acesso discado NINGUÉM MERECE. Meo Deos...tô me sentindo meio repetitiva.

sábado, 18 de outubro de 2008

Olha que chique, eu!

Não preciso nem dizer que eu tô amando meu trabalho no Planeta Sustentável né?! Além do lugar ser perfeito para o evento...é um lugar agradabilíssimo, que traz uma paz imensa...assim que a gente entra pelos portões do Ibirapuera, todos os nossos problemas ficam do lado de fora.
Mas o que eu queria mesmo, é mostrar uma notinha que saiu do Pueras no site Planeta Sustentável.

E a fotinho à seguir, é de uma galerinha de pequerruchos que apareceu no nosso estande pra aprender desde cedo a importância dos 3 R's.



À propósito, fiz várias fotinhos legais no parque...e na medida do possível vou colocá-las aqui.

Que pena, amanhã é o último dia de Planeta Sustentável...aaaaaaaaaaaaaaaah!!!



domingo, 12 de outubro de 2008

Japa Girl made in "chapinha"



Nan no tsumi mo nai hazu na no ni
Nanraka no batsuwo ukuketeru
Jibun de maita tane de mo no nai no ni
Sakimidareta hana tsuma sareru
Shiranai koto to mo ienai ga
Katabou katsuida oboe wa nai
Jiyuu wo takaku kawasareta ki mo suru ga
Kokoro made yasuru utta oboe wa nai
Hey, Hey, kutabatte osara suru made
Hey, Hey, dare no te ni mo kakaranai
Tooi yoru wo urotsuite iru
Shiranai darou eien no narazu monatachi wo



Entendeu? Não?
Ah, na boa...eu não vou traduzir...pelo menos não hoje!

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

PLANETA SUSTENTÁVEL 2008.


Clique na figura para visitar o site

A sustentabilidade voltada para o cotidiano das grandes metrópoles. Esta é a proposta do Planeta no Parque, que em seu segundo ano propõe novos olhares e relações entre o cidadão e a sua cidade em três temas:

Cidadania e Coexistência
Mobilidade
Consumo

Cada tema será tratado em um percurso guiado por educadores especializados no assunto,com informações, intervenções artísticas e muita reflexão a respeito de nossas ações.

O evento ainda trará entretenimento para adultos e crianças, com oficinas, contação de histórias, teatro infantil e muito mais.

Venha descobrir como é fácil cuidar do futuro da sua cidade. E do seu.

Confira o mapa dos percursos:


Fonte: Site Planeta Sustentável

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Fica a Dica!

Não sei se já publiquei algo sobre isso, mas de qualquer forma: Lá vai...

Vocês sabiam que dá pra fazer roupas com garrafas pet?

hahaha, já sei, no mínimo você que está lendo isso, deve estar pensando:
-O que? Roupas com garrafas pet? Que absurdo, isso é loucura. Deve ser algum trabalho de artesanato pra exposição, deve ficar grosseiro...etc...
Pois é...eu já vesti essa idéia faz um tempo, mas pra quem não sabe ainda, através do processo de reciclagem da pet, a indústria obtem uma fibra de poliester pra confeccionar os tecidos que depois vão se transformar em camisetas, e outras peças. Hoje você já encontra facilmente roupas feitas com esse material, que geralmente tem em sua composição, 50% de poliester de pet e 50% de algodão.
Na Expo Music de 2008 eu conheci uma galera que comercializa camisetas feitas de pet, e elas trazem frases bem bacanas como essa que eu estou usando: "Meio Ambiente por Inteiro".
Então, fica a dica pra quem quizer conhecer mais sobre essa galera pode visitar o site.


Foto/Arte: Gi's Design

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

E viva os panfletos, santinhos, cartazes, folders, flyers...etc



Sabe, eu adoro a arte de fazer publicidade, principalmente quando ela mexe com a nossa cabeça. Acho fascinante o poder que a propaganda tem de fazer lavagem cerebral em algumas pessoas. Mas quando essa coisa toda é transformada em impressos pra serem distribuídos, podem causar estragos imensos...sem contar o grande desperdício, como por exemplo o uso dos panfletos ou santinhos -como alguns dizem- na propaganda política. Alguém parou pra observar as ruas, praças e faróis de São Paulo durante a campanha eleitoral? Uma sujeira total entre pessoas agitando bandeiras enormes, bandeirinhas de plástico, adesivos, cartazes, faixas, placas, e os panfletos...ah, os panfletinhos, todos jogados na sarjeta, entrando nos bueiros, junto com a chuva e a difícil varrição dos garis, que tiveram que fazer uma forcinha extra pra varrer todo o papel molhado pela chuva. E eis que hoje as ruas amanhecem cobertas pelos panfletos, principalmente próximo aos colégios eleitorais.
Então o meu *Troféu Falta de Bom Senso e Educação* vai para toda a galera que trabalhou para os "Senhores Candidatos" entregando essas porcarias nas ruas, faróis, esquinas, praças, etc...seja lá onde for. Parabéns pela porcalhada que vcs fizeram na cidade. Parabéns também aos cidadãos que pegaram esses panfletos das mãos dos panfleteiros e logo depois jogaram no chão. Mas os que merecem com todos os méritos esse troféu na verdade são os próprios senhores candidatos, que gastaram fortunas com esse material todo pra tentar com um mero panfletinho decidir o voto dos eleitores! Na boa, não é com um papelzinho entregue na rua ou enviado no meu endereço que vai decidir o meu voto!!! (aliás, como será que os candidatos conseguiram meu endereço pra me enviar esse material pra minha casa? Recebi até um cd contendo a propaganda política de um candidato).
Eu acho que deveriam ser aplicadas multas pesadas à TODOS os candidatos cujos panfletos fossem encontrados no chão...inclusive à Soninha que fez tanta propaganda da sua consciência ambiental, mas o que eu mais vi no chão ontem foram panfletinhos dela. Pode?

É isso aí...falo mesmo.

*Eu ia contar um episódio que aconteceu na Expo Music com o Pepeu Gomes, mas deixa pra depois, porque essa sujeirada me tirou do eixo!
Por enquanto eu deixo só a foto do show do Pepeu

Bejocas...see yah!


domingo, 28 de setembro de 2008

aaaaaaah, foi bom enquanto durou!!!

Tomaí...um monte de fotinhos pra vcs ficarem com inveja!

Pinguim - Charlie Brown

Yudi e Pinguim


Tá, tá...eu não gosto de CPM22, mas o cara tava lá dando sopa...porque não?
Cheio pra caramba!
André Matos é um metido!
Banda Almah
Negão terminando a Edith Piaf no estande da Francal Cidadania
Chipset Zero arregaçando tudo...eeeeeeeeita. Muito bom o som dos caras.
Agora dá licença que eu to indo lá pro Music Hall ver Endrah!!!
ahahaha...fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuui

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Como os humanos são complexos...

É impressionante o tamanho do estrago que um mal entendido pode causar. Ainda bem que eu tenho aprendido à não agir por impulso. To sempre esperando o sangue esfriar.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Que me pirou...que me pirou o cabeção!!!

Só vim aqui rapidinho pra dizer que eu to pirando o cabeção na Expo Music, mexendo em tudo, vendo todos os lançamentos, vários showzinhos "quase particulares", muita banda boa, instrumentos inacreditáveis. Eu conheci dois sintetizadores da Korg e me apaixonei pelos dois...eu quero, eu quero!!! Na verdade eu quero tuuuuuuudo. Ops, acho que eu já disse isso né?!
Eu tô tão eufórica, excitada, etc... que não dá pra contar tudo agora.
É pena que eu ainda não consegui descarregar as fotos, mas aasim que eu conseguir, vou colocar todas aqui pra vocês morrerem de invejaaaaaaaaaaaaaaaaa...aaaaaaaahahahahahahahahahahaha...

Eu sou mááááááááá!!!

Tchau!

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Manhêêêê...tô na EXPO MUSIC!!!!




A EXPOMUSIC – maior feira de música da América Latina é o grande momento do segmento musical quando músicos e profissionais se atualizam com os lançamentos e produtos das grandes marcas de instrumentos musicais, áudio, iluminação e acessórios, movimentando negócios que representam parcela significativa do faturamento anual do setor, estimulando o desenvolvimento da indústria musical no País. A Expomusic é o evento esperado pelos profissionais da música em geral.

Com 3 mil metros quadrados a mais que a edição de 2007, a maior feira de música da América Latina espera receber, a partir de amanhã, cerca de 60 mil pessoas.


A Expomusic reúne nesta 25ª edição os principais lançamentos de instrumentos musicais, som profissional, iluminação, partituras e acessórios nacionais e importados.

Serão mais de 200 expositores ocupando uma área de 16 mil m², com demonstrações de produtos, workshops e tardes de autógrafos, entre outros destaques.

A previsão da Associação Brasileira da Música - Abemúsica é que o segmento feche o ano de 2008 com um faturamento de R$ 550 milhões, cerca de 10% a mais que em 2007.

Os negócios realizados durante os cinco dias de feira representam por volta de 30% do faturamento anual do setor. Desta forma, a feira cumpre seu objetivo de estimular o desenvolvimento da indústria musical no País.

“Este ano, para atender a crescente demanda dos expositores, reservamos os dois primeiros dias do evento exclusivamente aos profissionais do setor e os demais, também ao público”, comenta Abdala Jamil Abdala, presidente da Francal, organizadora do evento.

Os visitantes da Expomusic poderão conferir workshops de músicos renomados de diversos estilos musicais, pocket shows com novos talentos e artistas consagrados no tradicional Music Hall e a Expomusic Fest, além de celebridades da música já confirmadas para visitar os estandes das marcas expositoras.

Ingressos para o público (apenas dias 26 à 28): R$ 10,00

ONDE E QUANDO?
EXPOMUSIC

24 e 25 de Setembro - Restrito aos profissionais do setor

26, 27 e 28 de Setembro - Aberto ao público em geral

Horário:
das 13h às 21h


Expo Center Norte
Pavilhões Branco e Azul
Rua José Bernardo Pinto, 333
São Paulo - SP – Brasil

Menores de 12 anos, pessoas acima de 65 anos e deficientes físicos não pagam ingresso.


E é claro...estarei lá na Usina Solidária pela ONG PUERAS e no estande da Francal Cidadania esperando pela sua visita!

Já dí meu recadin...agora vô saí di finin qui eu tem qui drumi...tô cansadinha e cum sonin, e aminha acordo bem cedin!

Não tenho costume de escrever dessa forma xula mas...tô meio cerelepe e excitadíssima com os equipamentos da feira...também pudera né...eu ser apaixonada por música e conseguir ficar sã numa "expo music" puuuuuuuuuuuuuuutaqueopariiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiuuuuuuuu quanta coooooooooooisa muito looooooooooooooooooooooooooooooooccccca...eu quero tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuudooooooooooooo...aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah


ai, chega...fui.........................................



quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Haja saco.

Continuando na onda do meu péssimo humor...

Eu queria falar de coisas boas, bons acontecimentos como o casamento da minha tia Dila no último domingo 07/09/2008, mas hoje eu resolvi fazer um desabafo em relação ao meu trabalho na prefeitura. Acontece que eu estou tremendamente de saco cheio, saturadíssima do meu trabalho de combate à dengue. Sou funcionária efetiva da prefeitura de São Paulo há quase seis loooooongos anos, e confesso que não aguento mais essa rotina. O trabalho em si não é fisicamente cansativo, o que cansa é repetir a mesma coisa todo dia em todas as casas que visito, e ainda ter que ouvir coisas do tipo: - Que saco! Denovo esse pessoal da dengue aqui?! O que me deixa decepcionada é o fato de não termos direito ao crescimento profissional nem pessoal. Esse trabalho não me acrescenta conhecimento algum, pelo contrário, sinto que meu cérebro está atrofiando. O meu problema é que eu sou uma pessoa espaçosa, expansiva...gosto de ter opções, explorar e pôr em prática minha criatividade, gosto de novidades. Nessa função não existe perspectiva de crescimento, não existe incentivo (só cobranças, metas, produção, etc...), não existe valorização do trabalho, promoção por merecimento, e ainda temos que aguentar a chefia impondo regrinhas idiotas e inúteis pra piorar ainda mais a convivência, a desunião da maioria dos funcionários, os desafetos, a dança dos tapetes, das cadeiras, um puxando o tapete do outro, um querendo sentar na cadeira do outro, a maioria deixa de fazer seu serviço pra cuidar do serviço e da vida do outro, sem contar os olheiros, que ficam vigiando os agentes de zoonoses pra ficar "dedurando" pra chefia (aliás, se não existe promoção nem aumento de salário, eu não entendo porque isso acontece!)...todo dia sai um boatinho, uma fofoquinha...afff, infelizmente, cada dia que passa eu odeio mais o meu ambiente de trabalho. E o salário...ah, o salário!!! Todo mundo acha que ser funcionário público é estar numa boa, ganhando um "puta salário" sem fazer nada. Lhes digo que não é bem assim, porque se fosse, vocês não veriam tantas notícias de greves de reivindicação de melhores salários. É claro que o salário ajuda mas, malemá eu consigo pagar minhas contas. O salário não condiz com a atividade que nós Auxiliares de Servições de Saúde Zoonoses exercemos, e os riscos de saúde física e psicológica à que somos expostos diariamente. O lance da estabilidade é legal..."Não correr o risco de ser demitido". Mas eu quero muito mais do que isso, e acho que esse é o desejo da maioria...trabalhar no que gosta de fazer. Mas não é tão fácil conseguir isso...e sem aqueles ditadinhos de auto-ajuda do tipo: Nada é impossível, blá, blá, blá.
Tudo bem que depende de mim, devo confessar que me acomodei. Mas sei lá, acho que deveriam haver algumas mudanças nesse negócio de carreira estagnada dos funcionários públicos. Mas quero fazer uma ressalva: Os funcionários públicos à quem me refiro NÃO SÃO os funcionários do PODER EXECUTIVO, porque esses sim ganham horrores, roubam mais um tanto e a grande maioria realmente não faz PÔRRA NENHUMA! Tô mentindo?

Lembrancinha: 11/Set/2001 - Ataques terroristas em NY.

Bom, é isso gente...desabafo realizado com sucesso!

Sem imagens hoje.

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Dois Minutos de Ódio

Bom, quem tiver problema do coração, ou excesso de pudor e educação...não vá em frente porque o verbo tá solto por aqui

Eu odeio quem fala muito e não faz PÔRRA NENHUMA
Eu odeio quem fala demais 
Eu odeio quem fala alto demais
Eu odeio quando todo mundo tá falando ao mesmo tempo
Eu odeio quem me interrompe
Eu odeio quem não me deixa falar
Odeio quando não me ouvem
Eu odeio quem me ignora
Eu odeio ter que escutar músicas que eu ODEIO (funk, axé, pagode & cia.)
-+-+Acho RIDÍCULA essa gente que anda com seus celulares ou aparelhos mp3/mp4 ligados e com som pra todo mundo ouvir-+-+ isso é o cúmulo da falta de educação e falta de cultura etc.....
Eu odeio o barulho que os vizinhos do 3º andar do prédio onde moro fazem na minha cabeça...especialmente após as 22:00 hrs
Eu odeio a rua onde eu moro ($%#@!"&#¨&*&)
Eu odeio ser tratada como idiota ou como criança
Eu odeio ser feita de trouxa
Eu odeio ter que ir à um lugar onde não quero estar
Eu odeio ônibus/metrô/trêm lotado
Odeio aqueles caras que tem o saco escrotal maior do que as pernas...e sentam no banco do ônibus/metrô/trêm com as pernas extremamente abertas de modo que eu tenha que ficar encolhida pra perna do sujeito não ficar roçando na minha (ODEIO ISSO)
Eu odeio que as pessoas encostem em mim no ônibus/metrô/trêm
Eu odeio Zé Mané apressado que faz cagada no trânsito
Eu odeio quem adora meter a mão na busina da pôrra do carro...ainda mais quando acontece o efeito dominó...um aperta, e logo todo o resto tá buzinando também (muitas vezes sem motivo aparente)
Eu odeio Zé Mané que fica empinando moto e estourando escapamento pra pra se exibir pra vagabundas & vagabundos
Eu odeio ser obrigada à me relacionar com pessoas com quem não quero ter contato
EU ODEIO SER PRESSIONADA
EU ODEIO SER CONTRARIADA
EU ODEIO FAZER COISAS QUE NÃO TÔ COM VONTADE DE FAZER
Eu odeio fazer coisas pra agradar alguém
Eu odeio quando me mandam falar baixo
Eu odeio jiló, beringela, quiabo, fígado, jaca e abóbora moranga
Eu odeio ficar esperando
Eu odeio quando não reconhece o esforço que faço
Eu odeio quando me deixam falando
Eu odeio quem conta vantagem pra não se sentir por baixo
Eu odeio quem inventa porque não tem o que fazer
Eu odeio gente que pensa pequeno
Eu odeio gente mal humorada
Eu odeio gente que faz cara de bunda
Eu odeio gente desanimada
Eu odeio gente pessimísta
Eu fico "fudida" com gente que incrivelmente "vive doente e com dor o tempo todo"
Eu odeio gente que acha que seus problemas são maiores e mais difíceis do que o dos outros
Eu odeio gente A-CO-MO-DA-DA
E eu odeio muito mais coisas do que estas que eu citei, mas tô sem paciencia...sem saco pra escrever.

E fodam-se todos os acentos, vírgulas e pontos finais que eu esqueci de enfiar nessa merda de publicação que eu fiz hoje.

Ah - o que é ?

Tô amarga mesmo...e dai? FODA-SE

FULL - FULL - FULL - SO FULL!


segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Ai que delícia de idade

Já fazem quase 15 anos que "eu fiz 15 anos". Ai que saudade daquela época, com todo o furor e frescor dos hormônios adolescêntes...sem muita responsabilidade, com muita expectativa, regada à "um pouquinho" de rebeldia sem causa...Que pena que a gente só tem 15 anos uma vez na vida.
Fiz uma homenagem à minha prima Francielle, que completou 15 anos hoje. Achei que isso merecia ser blogado, então...tá aí:


Aiai...boa noite!

Ah é...preparem-se, amanhã vou escrever sobre as minhas botas, é isso mesmo!
As minhas "falecidas botas"

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

A Saga: "Romance com Fogo"

Vejo fogo como lava em teu olhar
quando me olha daquele jeito,
cortando o meu ser de cima à baixo,
como corta a carne
a mais lânguida lâmina.
Me rasga, a volupia,
Quando me fala aquelas coisas.
"Doce Pornografia"
ao pé do meu ouvido.
Evoca minha libido
com tua boca em minha nuca.
Molha meus lábios com os teus.
Me põe úmida.
diante de toda essa luxúria.
Me provoca o mais profundo calafrio
quando se põe de joelhos para mim.
Ah...que incrível visão.
Perfeita fusão.
Dois seres, antes
um só, agora.
Deleite-se...
...meu corpo é teu,
Meu Senhor.
E eu, Sua Senhora,
tomo o seu para mim.
Deixa, amor,
que os lençóis sedentos
e invejosos absorvam
os doces fluidos deste ato.
E que vá longe a água, meu amor...
...do nosso "Romance com Fogo".

(Giselle Vergna)

*Escrevi pra você Amor...te amo "Meu Tudão"

É...agora eu vejo o quanto eu precisava de algumas horas de ócio com papel e caneta na mão.

PS* Dona Sharana, o meu gmail me contou que o seu e-mail não existe!

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

É paixão...tenho certeza!

Eu tava aqui selecionando umas fotos da minha banda pra editar e achei essa aí. Bom...e dai?
Daí que olhando pra foto, eu consigo me lembrar e sentir exatamente a mesma emoção que eu senti no dia e na hora dessa apresentação. Os calafrios, coração acelerado, mãos geladas, boca e lábios secos e trêmulos...toda vez é assim, acreditem. Mas essas sensações geralmente só duram até a segunda estrofe da primeira música. Logo a tremedeira vai embora, boca e lábios se refrescam num breve gole d'água, o corpo esquenta, o coração...bom, o coração continua à mil, e a adrenalina me deixa incrivelmente à vontade. Então os rifs invocados e excitantes da guitarra do Bodão, junto com o delicioso e inspirado two hands do Will no baixo e a bateria docemente infernal do Guto me invadem de uma forma que eu entro numa espécie de transe enquanto canto, uma fusão perfeita. Aí sim me sinto corajosa o bastante pra encarar e olhar bem no fundo dos olhos de cada um que está ali na platéia assistindo. Alguns tropeços (as vezes) entre vóz e instrumentos durante o show, confesso! Mas nada que nos faça perder a linha e o compasso. São deliciosos e divertidíssimos dois anos e meio de amor, amizade e música. Claro que nem tudo é diversão, afinal, carregar os intrumentos nas costas, ir a pé pro estúdio ensaiar, tomar chuva antes da apresentação, falta de grana pra gravar a demo, entre outras intercorrências...enfim...essa é a parte chata, mas a gente tira de letra...faz parte do nosso crescimento, e se não tiver um pouco de sofrimento, parece que não tem graça. Me sinto orgulhosa e sortuda por ter ESTES músicos comigo. É isso, meus queridos! Eu queria declarar e deixar registrada a minha paixão por vocês. E tomara que "a nossa relação" dure para sempre, pois formar a banda com vocês foi a melhor decisão que já tomei em toda a minha vida.
Já que """o que eu escrevo costuma virar realidade"""...hehehe... Tá escrito então.

Aí todo mundo vai perguntar:
-E por que não estão todos na foto?

Eu respondo:
-Porque fiquei com preguiça de editar mais três fotos...rodar photoshop num PC de 128 de RAM...vocês queriam o que? É boot toda hora!!!

Good night dear friends!

PS* Wiccana...eu? rs



terça-feira, 26 de agosto de 2008

Leia e esqueça que leu...Ou não!



Dentre todos os mistérios, o que mais me intriga são os mistérios entre o corpo e a mente. E essa coisa de matéria e alma, consciência e física.
Ontem à noite tive uma experiência súbita e única. Jamais tinha vivido algo assim. Depois de ler alguns trechinhos de um livro de WICCA (não sou wiccana, li por mera curiosidade), fui me deitar com alguns pensamentos estranhos e perturbadores de que meu corpo não me pertencia. Quando dei por mim, estava nua, e tendo um momento de luxúria comigo. Foi um momento mágico de reconhecimento, de percepção, de tato, foi totalmente diferente de uma masturbação (Nossa...não acredito que eu tô falando disso). Foi algo inexplicável, diferente, era como se não fosse eu quem estivesse me tocando, mas ao mesmo tempo, eu tive a noção exata de cada parte, cada membro, cada fio de cabelo, cada curva do meu corpo. NÃO...EU NÃO ME MASTURBEI! Eu realmente não sei como explicar a sensação real no momento em que tudo aconteceu, mas parecia que eu estava em outro plano, em outro mundo e...NÃO, EU NÃO USEI NENHUM TIPO DE ALUCINÓGENO, ÁLCOOL...NADA, E TAMBÉM NÃO FIZ NENHUM "RITUAL MÁGICO, BRUXARIA OU COISAS DO TIPO". Eu não sei porque decidi publicar sobre esse momento que foi tão íntimo, quando na verdade acho que eu deveria guardar pra mim, só pra mim. Mas quando acordei, senti que de alguma forma eu precisava falar sobre isso. Achei que seria egoísmo da minha parte não dividir essa experiência tão interessante. O Momento em que o ser humano toma consciência e percebe seu próprio corpo. Essa experiência acabou abrindo meus olhos pra vários erros que ando cometendo com meu corpo. Percebi que eu o estou maltratando. Confesso que sou meio relapsa com esse negócio de cuidar do corpo, não pratico esportes, não faço atividade física, fumo, bebo, como alimentos inadequados...não sei como ainda não sofri um enfarto. Conclusão? Bom, não tenho conclusão nenhuma, mas de agora em diante vou prestar mais atenção aos sinais que meu corpo emite, e que antes eu não percebia.

À propósito...se alguém souber me explicar o que foi isso...à vontade.

sábado, 23 de agosto de 2008

Amy Winehouse

Taí, não consigo parar de ouvir o CD dessa mulher!!! E digo mais: - Pouco me importa a vida pessoal dela...se ela quer morrer de tanto usar crack, o azar é todo "nosso", que ficaremos sem essa voz espetacular e única. Fazer o que?




You Know That I'm No Good!!!

Meet you downstairs in the bar and heard
Your rolled up sleeves and your skull T-shirt
You say "why did you do it with him today?"
And sniff me out like I was Tanqueray

'Cause you're my fella, my guy
Hand me your Stella and fly
By the time I'm out the door
You tear me down like Roger Moore

I cheated myself
Like I knew I would
I told you I was trouble
You know that I'm no good

Upstairs in bed with my ex-boy
He's in the place, but I can't get joy
Thinking of you in the final throws
This is when my buzzer goes

Run out to meet your chicks and bitter
You say when we're married, 'cause you're not bitter
There'll be none of him no more
I cry for you on the kitchen floor

I cheated myself
Like I knew I would
I told you I was troubled
You know that I'm no good

Sweet reunion, Jamaica and Spain
We're like how we were again
I'm in the tub, you're on the seat
Lick your lips as I soak my feet

Then you notice a lickle carpet burn
My stomach drops and my guts churn
You shrug and it's the worst
To truly stuck the knife in first

I cheated myself
Like I knew I would
I told you I was troubled
You know that I'm no good

I cheated myself
Like I knew I would
I told you I was troubled
Yeah, you know that I'm no good


sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Eitaaaaaaaa!!!

Vcs repararam que eu adoro repetir letrinhas, como se estivesse gritaaaaaaaando, né? Pra falar a verdade, acho essa mania muito feia. Mas o que fazer quando se quer reproduzir exatamente a expressão, mas sem poder emitir som? Sem contar a quantidade de reticências que eu uso...minha vida é uma reticência infinita...(afff, acho que isso foi uma "pérola") Enfim, deixa pra lá...to meio acelerada, com uma baita vontade de escrever, mas tenho tanta coisa na cabeça que não sei por onde começar. É que acabei de chegar em casa, tava tocando na Escola Osvaldo Aranha Bandeira de Mello aqui na Cidade Tiradentes. A escola está realizando a 1º semana do meio ambiente, e uma das atrações de hoje foi o show que fizemos junto com a banda Decanatus. Aliás, essa banda tem um projeto muito bacana, e fazem um show com a temática voltada para o meio ambiente e questões sociais, com apresentação de videos enquanto tocam, músicas próprias com letras que chamam a atenção para o que está acontecendo com a Terra, covers escolhidas à dedo e fecham o show com um recital(resumindo: tudo a ver com o que eu gosto). Eu adorei o projeto, mas como sempre, a banda Vergna foi lá pra "zuar" tudo e fazer barulho...Mas vcs acreditam que a gente foi tocar sem ensaio? Nossa! Estavamos quase um mês sem ensaio, então, encarei o som de hoje como um ensaio aberto pra galera. Pra ajudar, Will tava sem seu querido baixo de 6 cordas(está no Luthier), teve que tocar com o de 4 cordas mesmo. Mas o problema é que ele tá acostumado com o de 6, então...imaginem: Mas foi divertidíssimo, adorei o dia de hoje...acredito que mandamos bem, mesmo em condições adversas.
Acho que é por isso que eu to acelerada. Toda vez que a gente sai pra tocar, eu volto pra casa super empolgada, o problema é que eu não sei onde eu enfio tanta adrenalina. Mas é bom eu ir pra cama agora e descarregar essa adrenalina dormindo.

Fui...antes que eu mude de idéia e "resolva" passar a noite aqui na frente do PC...hmmm, isso não é nada bom, nem pra minha saúde nem pro planeta.

Boa noite!!!

Hj não tem imagem...só texto.

PS* Meu Deeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeu, quanta ansiedade, socoooooooooorro!!!

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Barulho pelo Meio Ambiente



Taê galera...a próxima barulhada que a banda Vergna vai fazer é pelo meio ambiente...entrada grátis.
Clica aê no cartaz pra ampliar e ver os detalhes...

Have fun!!!

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Vacinação Contra Raiva 2008 - São Paulo


Ai que loucura...entrei em campanha de vacinaçlão contra a raiva na segunda feira, e eu não sei o que é pior: Latidos, miados ou gritos histéricos de seus donos que ficam com dó quando vou picar seus bichinhos! Mas eles sabem que é pro bem dos animais e pro seu próprio bem.
A campanha acontece aqui em São Paulo do dia 11 ao dia 24 de Agosto das 09 às 17:00 hrs.



***Uma advertência mais do que séria aos proprietários de Pitt-Bulls e Hot-Waillers, ou qualquer outra raça agressiva: LEVEM SEUS CACHORROS COM FOCINHEIRA. Colaborem para que não hajam acidentes graves pois em dois dias de campanha aqui na Cidade Tiradentes, presenciei dois acidentes com Pitt-Bulls que graças à Deus não foram graves, mas poderiam ter sido evitados se os cães estivesses com focinheira. Sem contar que o uso dela é LEI, e o descumprimento dela, acarretará em multa para os senhores proprietários. O intuito da LEI nº 11.531/2003 não é a de aplicação de multa e sim a conscientização dos proprietários.

Pô gente...vamos evitar acidentes!!!

Bem, é isso!

...no mais:

Levem seus cães e bechanos pra vacinar...liguem no nº 156 e se informem sobre o posto de vacinação mais próximo da sua casa.

domingo, 10 de agosto de 2008

***GARAGE DAYS***


Bem, passado o inferno astral envolto à minha data de aniversário, as coisas começam a voltar pro seu eixo (eu acho). Ultimamente tenho me envolvido muito em assuntos misticos, exoterismo, mediunidade e tal...Esses são assuntos que me intrigam e me dispertam muita curiosidade.
Sem muitas novidades, por enquanto só uma das fotos da "Sessão Garage Days", são dias de ensaio no porão.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

08 / 08 / 2008 - Aiai, é hoje!



Digamos que um desses seria perfeito pra mim hoje! Curaria essa minha melancolia de aniversariante.
Hoje acordei mais velha, e junto com mais um ano de vida, vem mais responsabilidades, mais planos, mais vontade de fazer as coisas acontecerem mais rápido por presumir que o tempo está se esgotando, vem o peso de não ter patrimônios (não que eu seja materialista, mas no fim da minha vida vou precisar de uma cova pra cair não é?). Não costumo olhar pra traz, mas, as pocas vezes que eu olho e vejo o caminho que percorri, sinto falta de ter conquistado algo que não sei o que é, mas que já deveria ter sido conquistado por mim. Bem...não sei que rumo é esse que o post tá tomando, deve ser sentimentalismo de aniversariante. Aliás..dizem que todo aniversariante passa por uma espécie de depressão melancólica no dia do seu aniversário...então, deve ser isso!

A própósito, queria comentar que foi incrível a abertura das olimpíadas na China...puta merda meu...que harmonia, que sincronia...foi tudo perfeito. Os efeitos visuais foram estupidamente INCRÍVEIS! Estou perplexa com o que vi.

Não tenho muito o que dizer hoje...tenho que correr...