sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Agora sim...pra desestressar: Trabalhar!

Não entendeu? Tô entrando de férias da prefeitura mas tô indo como sempre, trabalhar com os Pueras...quer saber mais? Então vai lá que tem novidade: BLOG ONG PUERAS

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Dia Surreal


Depois de ensaiarmos da sexta pro sábado da 01:00 às 03:00 da madruga, e chegarmos em casa às 5:00...tocamos às 14:30 na FESPSP. Caramba, a correria foi cansativa pakas, e fizemos disso uma grande balada, tipo virada cultural, e vou te falar viu...valeu a pena! O som foi surreal, e totalmente diferente dos outros shows em que tocamos. A galera da FESPSP foi super receptiva com a gente, cantaram e agitaram, o ambiente é muito bacana, nos sentimos como se estivessemos no quintal da nossa casa. Tocamos por mais de uma hora debaixo de um sol infernal, mas valeu totalmente a pena!

Obrigado FESPSP - vocês são demais!!!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Essa Não! Dá Pra Acreditar?

BRASIL NA 8º POSIÇÃO EM TRANSPARÊNCIA COM GASTOS PÚBLICOS: É PIADA NÉ?!

O Brasil está na oitava posição do ranking de países de maior transparência na administração dos gastos públicos, de acordo com relatório divulgado em 01/02/2009, pelo International Budget Partnership (IBP), instituto americano responsável por analisar e monitorar a transparência de governos na divulgação de seus gastos. Em estudo realizado com 80 países durante o ano passado, o relatório aponta que cerca de 80% deles não prestam contas de seus gastos.

Para medir a diferença no grau de transparência entre os países, o instituto criou o Open Budget Index, que vai de 0 a 100%. No ranking da IBP, o governo federal brasileiro atingiu 74%, ficando à frente da Alemanha (64%), Índia (60%) e Rússia (68%). O relatório aponta que os dados fornecidos aos brasileiros quanto aos gastos públicos são "satisfatórios", elogiando o compromisso do Brasil em divulgar seus dados e a possibilidade da população de acompanhar os gastos e planos anuais de governo.

No entanto, o IBP indica que o País tem "certa dificuldade em monitorar os seus gastos" e só os publica uma vez por ano, uma vez que o ideal seria publicá-los a cada semestre. Outra crítica ao Brasil é a falta de clareza na divulgação das informações, que, em "linguagem técnica", torna pouco acessível o entendimento do público em geral, com o que concorda o coordenador do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), João Roberto Lopes, entidade responsável pelo envio de informações ao IBP. "No Brasil, é possível acompanhar os dados orçamentários pela internet, com um bom nível de detalhamento, embora a linguagem usada não seja tão compreensível a todos", disse.

Segundo Lopes, apesar da boa classificação, o Brasil apresenta gargalos na divulgação das contas do governo, principalmente em estatais como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Petrobras, Banco do Brasil (BB) e Caixa Econômica Federal (CEF). "O orçamento não contempla os gastos das grandes estatais, o que permite irregularidades e investimentos que não são de interesse da população", afirmou.

Os mais e menos transparentes

Os países que apresentaram informações insuficientes, segundo o ranking, foram Sudão (0), Arábia Saudita (1%), Argélia (1%), República Democrática do Congo (2%) e São Tomé e Príncipe (2%). Outros que também apresentaram níveis de baixa transparência foram Bolívia (6%), Honduras (11%) e China (14%).

Alguns países foram classificados como altamente transparentes e disponibilizam grande quantidade de dados para a população durante o processo orçamentário, como Reino Unido (88%), África do Sul (87%), França (87%), Nova Zelândia (86%) e Estados Unidos (82%).

Dentre os mais transparentes, há tanto países desenvolvidos quanto nações em desenvolvimento. A presença da África do Sul, bem como Eslovênia, Sri Lanka e Botsuana (todos fornecendo informações significativas para suas populações), demonstra que países em desenvolvimento, segundo o relatório, podem obter transparência se houver vontade suficiente dos seus governos de serem abertos e de prestar contas a sua população.

Fonte: Yahoo


Depois dessa, eu nem tenho o que comentar!!!

PS* Viciei em Guitar Hero. Eu não sabia que era tão bom jogar video game...mas nunca é tarde pra começar né!!!