terça-feira, 13 de fevereiro de 2007

Noite Alcoolica

Ontem à noite voltei pra casa sob tantos efeitos
Mal conseguia colocar um pé à frente do outro
E ao chegar, joguei meu corpo na cama
Senti que ela estava girando sem controle.
Meu corpo se movia em espirais infinitas
Foram tantos goles e tragos que perdi a conta
Por um instante, eu senti que estava
quase perdendo minha identidade
e esquecendo quem realmente sou
Passei à ignorar meus valores e pudores
Esquecendo os problemas e rancores
E comecei à dar asas aos devaneios dessa noite alcoolica.
-----------------------------------------------------------------------

Um comentário:

Krusty M... disse...

goró??? onde???